2 de março de 2024

BUTTINA GASTROBAR

BUTTINA FUTEBOL AO VIVO E GASTRONOMIA

PAULISTA FEMININO: Corinthians atropela São Paulo e se torna tetracampeão

3 min read

PAULISTA FEMININO: Corinthians atropela São Paulo e se torna tetracampeão

Mesmo perdendo na Vila Belmiro por 2 a 1, o Timão levou o tetracampeonato do Paulistão Feminino com uma grande goleada sobre o rival

O Corinthians reverteu a situação em que se encontrava, vencendo o São Paulo por 4 a 1 na Neo Química Arena

Categorias: Futebol Feminino

Por: Agência Futebol Interior, 26/11/2023

Corinthians atropela e é campeão feminino (Foto: Reprodução)

Destaques

São Paulo, SP, 26 (AFI) – Corinthians e São Paulo foram até a Neo Química Arena neste domingo (26) para decidirem o título do Campeonato Paulista Feminino de 2023, no segundo jogo da final, que terminou com goleada dos mandantes por 4 a 1, em gols de Jaqueline, Tarciane, Vic Albuquerque e Jheniffer, enquanto Dudinha descontou.

No primeiro confronto entre eles, o São Paulo havia levado a melhor na Vila Belmiro, no último domingo (19), por 2 a 1, porém sofreu uma goleada que decretou o quarto título paulista da história do Corinthians Feminino, campeão também em 2019, 2020 e 2021.

Corinthians atropela e é campeão feminino (Foto: Reprodução)

CORINTHIANS CAMPEÃO!

O confronto se iniciou frenético na Neo Química Arena, mas quem de fato teve oportunidades foi o Corinthians, que começou causando bastante perigo. A principal oportunidade logo de cara foi aos quatro minutos, com Vic Albuquerque, que acertou uma finalização de primeira com a bola caindo e acertou o travessão da goleira Carlinha.

Com 17 no relógio, os mandantes chegaram mais uma vez, agora em escanteio. Depois da cobrança, a bola foi desviada para o meio da área, onde Vic Albuquerque cabeceou de frente para tentar abrir o placar, mas Leticia Alves estava em cima da linha para dominar no peito e afastar o perigo.

Aos 38 minutos, novamente o Corinthians quem teve nova oportunidade. Na cobrança de falta que atravessou toda a área, Jaqueline apareceu sozinha no segundo poste para cabecear e igualar o placar agregado em 2 a 2, abrindo o confronto na Neo Química Arena, por 1 a 0.

Gabi Portilho teve outra chance aos 41, mas Carlinha caiu bem para defender com as pernas. Já na segunda metade, o São Paulo iniciou melhor, com duas rápidas tentativas, mas logo o time da casa igualou as chances, e não demorou muito para ampliar a vantagem. Gabi Portilho recebeu na direita e levantou na área, encontrando Tarciane, que de cabeça anotou o tento aos oito minutos, fazendo 2 a 0 para o Corinthians.

Depois de uma roubada de bola na defesa, o São Paulo saiu em transição rápida aos 17 minutos, passando por Glaucia lá no ataque até chegar nos pés de Aline e finalmente Dudinha. A atacante acelerou pelo lado esquerdo e soltou uma pancada por cobertura, sem chance nenhuma de defesa para Lelê, colocando a bola na chamada bochecha da rede, e diminuindo a diferença no placar, 2 a 1.

No minuto seguinte, o Corinthians iniciou a construção buscando voltar a frente no agregado, e antes de completar 19 no relógio, conseguiu o feito. Tamires foi lançada na esquerda e bateu cruzado, mas Carlinha espalmou. A bola caiu nos pés de Vic Albuquerque, muito bem posicionada, para simplesmente empurrar para a rede e fazer 3 a 1.

Aos 29, o Corinthians cobrou lateral próximo da área adversária, e depois de uma troca de passes entre Gabi Zanotti e Duda Sampaio, a bola sobrou para Jheniffer marcar o quarto gol de primeira, fechando o placar e decretando o tetracampeonato do Paulistão Feminino.

26/11/2023 – 10h30 FINALIZADO Corinthians 4 1 São Paulo