18 de maio de 2024

BUTTINA GASTROBAR

BUTTINA FUTEBOL AO VIVO E GASTRONOMIA

Corinthians 2 x 1 Ferroviária -As Brabas são campeãs do Brasileirão Feminino

5 min read

Corinthians 2 x 1 Ferroviária -As Brabas são campeãs do Brasileirão Feminino

O jogo marcou a despedida de Arthur Elias da Neo Química Arena, pois o técnico acertou a ida para a seleção brasileira feminina

O Corinthians é mais uma vez campeão do Brasileirão Feminino

Corinthians é campeão do Brasileirão Feminino (Foto: Marcos Ribolli)

Destaques

São Paulo, SP, 10 (AFI) – O Corinthians é mais uma vez campeão do Brasileirão Feminino. Ao vencer a Ferroviária em grande jogo nesta tarde, as Brabas conquistaram o quarto título da competição, sendo o maior campeão. O Corinthians ganhou da Ferroviária por 2 a 1, em virada espetacular, com gols de Jheniffer e Tamires. Mylena Carioca descontou para as Guerreiras Grenás.

Antes de a bola rolar, a torcida corintiana fez uma grande homenagem ao técnico Arthur Elias, que é vai assumir a seleção brasileira feminina após a saída de Pia Sundhage. A partida também marcou o recorde de público em uma partida de futebol feminino na América do Sul: 42.326 estiveram na Arena para comemorar o título alvinegro.

Corinthians buscou virada (Foto: Marcos Ribolli)

CORINTHIANS x FERROVIÁRIA

Com a Neo Química Arena lotada, o Corinthians teve o apoio necessário para buscar o título. Porém, para a conquista o time teve que suar dentro de campo e superar uma Ferroviária guerreira. Apesar do grande jogo, o Corinthians começou mal sem a imposição que é recorrente do time de Arthur Elias. Bem postada e concentrada, a Ferroviária aproveitou a oscilação do adversário e foi decisivo quando teve a bola.

Na primeira chegada do jogo, o Corinthians levou pouco perigo ao gol da Ferroviária com um chute de Jaque, que finalizou para as mãos da goleira grená, Luciana. Porém, no lance seguinte, as visitantes abriram o placar. Aos nove minutos, Barrinha cruzou a bola na área corintiana e Mylena Carioca desviou com a cabeça, sem chances para a goleira Lelê.

Atrás no placar, o Corinthians teve que sair para o ataque e se arrumar ofensivamente. Aos 15 minutos, as Brabas quase chegaram ao empate com finalização de Gabi Zanotti, que obrigou Luciana a fazer grande defesa após arriscar de fora da área em grande chute. Mas o Corinthians não conseguia furar o bloqueio defensivo da Ferroviária, que se manteve na frente do placar.

Com uma troca no time realizada ainda no primeiro tempo, o Corinthians melhorou e levou mais perigo ao gol da Ferroviária. A partir dos 40 minutos, as mandantes dominaram a área do adversário. Na primeira finalização construída, Millene mandou forte a bola em direção à meta da Ferroviária, mas Luciana tirou pela linha de fundo. No escanteio, Tarciane desviou e de novo a goleira grená salvou a Ferroviária em grande defesa.

Porém, o empate saiu na terceira tentativa. Em outro escanteio, Jheniffer subiu sem marcação e conseguiu mandar a bola no fundo da rede da Ferroviária, empatando a partida. Já no fim do primeiro tempo, o Corinthians chegou mais duas vezes, com Duda Sampaio e Milenne, mas Luciana adiou a virada no placar e os times foram para o intervalo com o empate parcial.

Arthur Elias se despediu da Neo Química Arena (Foto: Reprodução – Twitter)

AS BRABAS CAMPEÃS

Após o intervalo, os times voltaram com propostas diferentes. Enquanto a Ferroviária foi mais cautelosa, o Corinthians partiu para o ataque em busca do título. Dominante, o time alvinegro pressionou as visitantes, que conseguiram levar perigo com contra-ataques, como aos quatro minutos, com finalização de Mylena Carioca, que parou nas mãos de Lelê.

Melhor e com estrelas entre o elenco, o Corinthians contou com a experiência para virar o placar. Aos 12 minutos, Millene roubou a bola no meio de campo e cruzou em direção ao gol, onde achou Tamires, que chegou no meio de duas defensoras e teve apenas o trabalho de tirar da goleira e sair para o abraço. Na comemoração do gol, as jogadoras reverenciavam o técnico Arthur Elias, que acertou com a seleção brasileiro feminina.

Com a Neo Química Arena pulsante, o Corinthians se manteve melhor em campo. Aos 21 minutos, Luciana apareceu duas vezes para salvar a Ferroviária de mais um gol. Em cobrança de escanteio, Jheniffer arriscou finalização que parou na goleira, e no rebote Gabi Zanotti também tentou, mas novamente, Luciana foi destaque.

Ainda no ataque para tentar concretizar de vez a vitória, o Corinthians fez a goleira grená trabalhar. Aos 30 minutos, Luciana se antecipou e tirou a bola da cabeça de Jheniffer que preparava mais uma finalização. Depois dos 40 minutos, o Corinthians administrou a vantagem no placar, enquanto a Ferroviária ainda tentou o empate, mas sem sucesso diante de um time forte e empurrado pela torcida que marcou presença.

Principal força no futebol feminino no Brasil, o Corinthians disputou as últimas sete finais do Campeonato Brasileiro, com cinco taças – perdeu em 2017 para o Santos e para a própria Ferroviária em 2019. O clube alvinegro agora se prepara para disputar a Copa Libertadores, que começará no próximo mês.

FICHA TÉCNICA

Corinthians 2 1 Ferroviária-SP Fase: Final Rodada: 2ª Rodada Data: 10/09/2023 Horário: 16:00 Árbitro: Edina Alves Batista (SP) – Fifa Assistentes: Neuza Ines Back (SP) – Fifa e Fabrini Belivaqua Costa (SP) – Fifa VAR: Daiane Muniz (SP) – Fifa Cartões Amarelos: Corinthians: Millene Ferroviária : Raquel, Eudimilla GOLS: Corinthians: Jheniffer (41’/1T), Tamires (12’/2T) Ferroviária: Mylena Carioca (09’/1T) Público: 42.566 pagantes Renda: R$ 920.125,90 Estádio: Neo Química Arena Local: São Paulo-SP Corinthians

Lelê; Paulinha (Katiuscia), Mariza, Tarciane e Yasmim; Duda Sampaio, Tamires (Fernandinha) e Jaque Ribeiro (Gabi Portilho); Gabi Zanotti (Juliana Ferreira), Jheniffer e Millene (Victória Albuquerque).

Técnico: Arthur Elias Ferroviária-SP

Luciana; Day Silva, Luana, Géssica (Ingryd) e Mônica (Daiane Rodrigues); Raquel, Suzane (Patrícia Sochor) e Mylena Carioca (Aline Gomes); Barrinha, Eudimilla e Laryh (Lelê).

Técnico: Jéssica Lima

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 10/09/2023

Confira também: