17 de julho de 2024

BUTTINA GASTROBAR

BUTTINA FUTEBOL AO VIVO E GASTRONOMIA

Mesmo sem se firmar como titular, Payet vem sendo decisivo no Vasco | NETVASCO – BOLA ROLANDO

3 min read

Mesmo sem se firmar como titular, Payet vem sendo decisivo no Vasco Sábado, 18/11/2023 – 19:24 Dimitri Payet ainda não se firmou como titular do Vasco, está longe de atuações brilhantes e nem faz gol ou dá assistência em toda partida que entra. Mas, depois de 12 jogos pelo clube, o francês virou uma espécie de 12º jogador para Ramón Díaz e mostrou ser capaz de desequilibrar. “Golpe de gênio” Ter um reserva com o currículo de Payet é luxo para o treinador, que o viu sair do banco no último domingo e decidir o jogo contra o América-MG. A atuação ficou longe de ser brilhante, mas o gol de falta nos acréscimos prova a importância de ter um jogador do nível do francês no elenco. Afinal, ele entregou o que se espera dele: foi decisivo quando o Vasco não apresentava nenhum sinal de que poderia vencer o jogo em São Januário. A belo cobrança, comparada ao último gol de falta marcado por Roberto Dinamite, maior ídolo do clube, repercutiu de forma positiva na França. Os jornais do país destacaram o fato de Payet ter sido o responsável por manter o Vasco fora da zona de rebaixamento do Brasileirão: • 20 Minutes: “Dimitri Payet ainda é capaz de golpes de gênio”. • L’Équipe: “Aos 36 anos, Dimitri Payet ainda pode decidir”. • Ouest-France: “Dimitri Payet não perdeu nada de seu esplendor e fez o papel de salvador”. • Le Parisien: “Dimitri Payet não perdeu nada do seu pé direito mágico. Um gol maravilhoso”. • CNews: “Ele tirou a capa do super-herói”. E esta não foi a primeira vez que Payet foi decisivo. O camisa 10 garantiu também a vitória do Vasco sobre o Fortaleza, por 1 a 0, com gol marcado no segundo tempo. Cinco dos 40 pontos que o time tem no Campeonato Brasileiro estão na conta do francês, o que o coloca em posição de carta na manga do treinador Ramón Díaz. Evolução física Dos 12 jogos, mais da metade – sete – foram como reserva. Ele chegou a engatar sequência de três partidas como titular, mas a condição física o atrapalhou em momento que o campeonato exigia intensidade do Vasco. Nos últimos quatro confrontos, o meia saiu do banco de reservas em três. No clássico contra o Botafogo, não foi acionado por Ramón. O camisa 10 briga por espaço no time nas últimas cinco rodadas. A evolução no dia a dia do clube pode ajudá-lo a subir mais degraus e conquistar de vez a confiança de Ramón. Payet tem perdido peso e está mais perto de suportar melhor os desafios do futebol brasileiro, mesmo que ainda não aguente jogar durante 90 minutos. – O Payet está fazendo muito esforço para ficar bem, para treinar. Sabemos que é muito difícil que possamos usá-lo por 90 minutos pelo ritmo em que jogamos e pelo que disputamos. Por isso, decidimos que os jovens se esforcem mais fisicamente e que ele nos entregue a qualidade, como foi contra o América-MG. Teve um bom controle e tem a forma de jogar que nos deu a vitória. Ele está contente, nós também – disse Ramón Díaz em coletiva no último domingo. Caso a titularidade não chegue nesta reta final, Payet pode mudar o status em 2024, já que estará com o elenco desde a pré-temporada. Mas, titular ou no banco, o que fará o francês cair de vez nos braços da torcida é seu poder de decisão. Ele já mostrou, que mesmo aos 36 anos e com a questão física como empecilho, pode contribuir.

Payet marca gol de falta em Vasco x América-MG — Foto: Leandro Amorim/Vasco

Fonte: ge

Fonte: www.netvasco.com.br/n/324750/mesmo-sem-se-firmar-como-titular-payet-vem-sendo-decisivo-no-vasco

Categoriavasco