17 de julho de 2024

BUTTINA GASTROBAR

BUTTINA FUTEBOL AO VIVO E GASTRONOMIA

Debinha marca e Brasil vence Canadá na estreia do técnico Arthur Elias na seleção feminina

3 min read

Debinha marca e Brasil vence Canadá na estreia do técnico Arthur Elias na seleção feminina

A bola desviou na defesa, e morreu no fundo das redes determinando a vitória brasileira por 1 a 0.

Brasil e Canadá voltam a se enfrentar nesta terça-feira, em Halifax, novamente no Canadá, em novo amistoso

Categorias: Futebol Feminino

Por: Agência Estado, 28/10/2023

Foto: DIvulgação

Destaques

São Paulo, SP , 28 (AFI) – Com um gol nos acréscimos da atacante Debinha, o Brasil iniciou com vitória o novo ciclo na seleção brasileira feminina de futebol. A equipe nacional derrotou o Canadá por 1 a 0 neste sábado, em Montreal, no Canadá, em sua primeira partida sob comando do técnico Arthur Elias.

O amistoso internacional serviu para registrar o retorno de uma veterana ao time. Cristiane, de 38 anos, não participou da última Copa do Mundo por ter sido preterida pela então treinadora Pia Sundhage, demitida após a eliminação do Brasil ainda na fase de grupos do torneio. A atacante iniciou o confronto ao lado de outra ícone do esporte: a camisa dez Marta.

Brasil e Canadá voltam a se enfrentar nesta terça-feira, em Halifax, novamente no Canadá, em novo amistoso, já que as duas seleções estão iniciando a fase de preparação para os Jogos Olímpicos de Paris, no ano que vem.

Após a pressão inicial do Canadá, o Brasil conseguiu ajustar o posicionamento, acertou a marcação na saída de bola e equilibrou o confronto. A primeira chance da equipe brasileira aconteceu aos 24 minutos. Cristiane roubou a bola no campo de ataque e chutou da entrada da área para a defesa da goleira Sheridan.

O Canadá balançou a rede em cabeçada da zagueira Giles aos 27 minutos. Julia Grosso teve liberdade pelo lado direito e cruzou a bola na área. Giles apareceu sem marcação e cabeceou no canto.

O gol, no entanto, acabou sendo invalidado por impedimento.

O jogo seguiu movimentado e a equipe do técnico Arthur Elias continuou criando boas chances. Após uma furada incrível de Tamires na pequena área canadense, Adriana quase inaugurou o placar em um belo arremate.

Bem ofensivamente, o time nacional apresentou problemas no seu sistema defensivo. E no final do primeiro tempo, o Canadá esteve muito perto de fazer 1 a 0. Lauren falhou de forma infantil e permitiu a arrancada de Prince. Ela entrou com liberdade pela esquerda e rolou para a conclusão de Leon, que errou o alvo quase na pequena área, em uma chance incrível, aos 47 minutos.

SEGUNDO TEMPO

Com Debinha na vaga de Geyse e Gabi Nunes no lugar de Cristiane, o Brasil voltou para o segundo tempo disposto a ter mais velocidade no setor ofensivo. As mudanças serviram também como laboratório para o treinador Arthur Elias analisar o desempenho do elenco.

Dentro do planejamento do treinador, a veterana Marta deixou o gramado aos 13 minutos para dar lugar a Bia Zaneratto, que ficou com a missão de comandar as jogadas de criação para as atacantes da seleção brasileira.

As mudanças deram certo e o Brasil passou a empilhar chances de abrir o placar. Aos 16 minutos, Debinha arrancou pela esquerda e chutou cruzado para a excelente defesa de Sheridan. Logo a seguir, ela pegou um rebote na grande área e obrigou a goleira canadense a outra grande defesa.

O confronto também rendeu homenagens pelo lado canadense. A jogadora Sinclair, de 40 anos, está se despedindo do futebol. Homenageada antes do apito inicial, a atacante entrou em campo na metade da etapa final.

Sem força ofensiva para inibir as ações da seleção brasileira, o Canadá recuou e a goleira Sheridan foi o grande nome da partida. Tudo já se encaminhava para o empate sem gols quando Debinha fez a diferença. Já nos acréscimos, ela aproveitou uma sobra na entrada da área e finalizou. A bola desviou na defesa, e morreu no fundo das redes determinando a vitória brasileira por 1 a 0.

Noticias Relacionadas