19 de junho de 2024

BUTTINA GASTROBAR

BUTTINA FUTEBOL AO VIVO E GASTRONOMIA

Palmeiras 0 x 1 Corinthians – 'Brabas' são campeãs da Libertadores Feminina!

3 min read

Palmeiras 0 x 1 Corinthians – ‘Brabas’ são campeãs da Libertadores Feminina!

Este é o quarto título do Corinthians, que já foi campeão em 2017, quando disputou em parceria com o Osasco Audax, 2019 e 2021

Destaques

São Paulo, SP, 21 (AFI) – O Corinthians é novamente campeão da Copa Libertadores Feminina. Na noite deste sábado (21), em final paulista, superou o atual campeão Palmeiras por 1 a 0, com gol de Millene ainda no primeiro tempo. A partida foi realizada no estádio Pascual Guerrero, em Santiago de Cali, na Colômbia, e também marcou a saída do técnico Arthur Elias do Corinthians após 327 jogos. Ele deixa o time para focar exclusivamente na seleção brasileira feminina, em que já assumiu o cargo.

QUARTO TÍTULO

Este é o quarto título do Corinthians, que já foi campeão em 2017, quando disputou em parceria com o Osasco Audax, 2019 e 2021, superando Colo-Colo, do Chile, Ferroviária e Santa Fe, da Colômbia, respectivamente. O duelo com a Ferroviária, em 2019, foi o primeiro com dois times do Brasil na final, feito que se repetiu neste sábado (21).

Se considerado o título de 2017, o Corinthians se torna o maior campeão do torneio. Se a conquista não for considerada, o time empata com o São José com três taças. Santos (2), Ferroviária (2), Osasco Audax (1) e Palmeiras (1) completam a lista de brasileiros campeões.

DOMÍNIO BRASILEIRO

O Brasil não esteve representado na final em apenas uma edição da Libertadores Feminina. Isso ocorreu em 2016, quando a decisão teve o duelo entre Limpeño, do Paraguai, e Estudiantes de Guarico, da Venezuela. Ao todo, são 12 títulos do Brasil, enquanto Colômbia, Paraguai e Chile conquistaram apenas uma vez.

O JOGO

O Corinthians começou com iniciativa e, no começo, tentou com Yasmin, de falta, e Millene, em finalização da entrada da área. Até que o time alvinegro teve grande chance de abrir o placar quando Gabi Portilho sofreu pênalti. Aos 16, Victória Albuquerque deslocou a goleira, mas mandou na trave.

Apesar de ter algumas tentativas no ataque, o Palmeiras encontrava dificuldade em criar chances claras de gol. Aos 29, o Corinthians conseguiu abrir o placar. Após cruzamento da direita, Gabi Zanotti fez uma parede na marcação e Millene chutou de primeira, no cantinho.

A resposta do Palmeiras veio com Amanda Gutierres, que ficou com sobra na esquerda e chutou colocado, com muito perigo. Laís Estevam também arriscou de muito longe, mas a goleira defendeu sem perigo.

SEGUNDO TEMPO COM EXPULSÃO

No segundo tempo, o Palmeiras se lançou mais ao ataque e tentou com Juliete e Flávia Mota. Depois, Bia Zaneratto chutou forte da meia-lua, mas no centro do gol, facilitando a defesa.

Aos 20 minutos, o Corinthians teve um duro golpe, pois Tarciane foi expulsa após levar o segundo cartão amarelo. Com isso, o Palmeiras cresceu na partida e quase empatou aos 29, com Yamila Rodríguez. Ela recebeu passe na esquerda e chutou forte, mas Lelê fez grande defesa.

O jogo seguiu truncado e bastante disputado. Nos acréscimos, Laís Estevam recebeu na meia-lua e chutou colocado, buscando o ângulo, mas Lelê fez outra grande defesa e salvou o Corinthians. Depois disso, o time alvinegro segurou bem a pressão para confirmar o título.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras 0 1 Corinthians Fase: Final Rodada: 1ª Data: 21/10/2023 Horário: 20:30 Árbitro: Zulma Quiñonez (PAR) Assistentes: Nancy Fernandez (PAR) e Nadia Weiler (PAR) VAR: Jenny Arias (COL) Cartões Amarelos: Palmeiras: Camilinha e Amanda Gutierres Corinthians: Tarciane, Yasmim e Tamires Cartões Vermelhos: Corinthians: Tarciane GOLS: Corinthians: Millene 29′ 1T Público: 3.580 torcedores Estádio: Pascual Guerrero Local: Santiago de Cali (COL) Palmeiras

Amanda Souza; Bruna Calderan, Poliana (Letícia Moreno), Flávia Mota e Katrine; Lorena Benítez (Yamila Rodríguez), Duda Santos e Camilinha (Juliete); Bia Zaneratto, Amanda Gutierres e Laís Estevam.

Técnico: Ricardo Belli Corinthians

Lelê; Katiuscia, Mariza, Tarciane e Yasmim; Luana (Belinha), Victória Albuquerque (Jheniffer) e Gabi Zanotti (Andressa Pereira); Gabi Portilho (Juliana Ferreira), Millene (Duda Sampaio) e Tamires.

Técnico: Arthur Elias