18 de maio de 2024

BUTTINA GASTROBAR

BUTTINA FUTEBOL AO VIVO E GASTRONOMIA

Fifa suspende Luis Rubiales por 90 dias enquanto investiga beijo forçado em Jenni Hermoso

5 min read

Fifa suspende Luis Rubiales por 90 dias enquanto investiga beijo forçado em Jenni Hermoso

A suspensão passa a valer imediatamente e seguirá até que seja concluído o processo disciplinar pelo beijo sem consentimento em Jenni Hermoso

O Comitê Disciplinar da Fifa anunciou na manhã deste sábado a suspensão por 90 dias de Luis Rubiales

Categorias: Futebol Feminino

Por: Agência Estado, 26/08/2023

Hermoso desmente Rubiales sobre ‘beijo consentido’ e boicota federação ao lado das companheiras

Destaques

Campinas, SP, 26 – O Comitê Disciplinar da Fifa anunciou na manhã deste sábado a suspensão por 90 dias de Luis Rubiales, presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF). A suspensão passa a valer imediatamente e seguirá até que seja concluído o processo disciplinar pelo beijo sem consentimento dado por Rubiales na atacante Jenni Hermoso, durante a celebração do título da Espanha na Copa do Mundo Feminina.

“O presidente do Comitê Disciplinar da FIFA, Jorge Ivan Palacio (Colômbia), no uso dos poderes conferidos pelo artigo 51 do Código Disciplinar da FIFA (FDC), decidiu hoje suspender provisoriamente o Sr. Luis Rubiales de todas as atividades relacionadas ao futebol em nível nacional e internacional. Esta suspensão, que entrará em vigor a partir de hoje, é por um período inicial de 90 dias, enquanto se aguarda o processo disciplinar aberto contra o senhor Luis Rubiales na quinta-feira, 24 de agosto”, informou a entidade em nota oficial.

A nota emitida pelo Comitê Disciplinar ainda destaca a ordem para que Rubiales não tente fazer contato com a jogadora da seleção espanhola e nem com pessoas próximas. A diretriz se estende também para demais dirigentes e funcionários da Federação Espanhola de Futebol. A Fifa ainda informou que não fornecerá demais informações sobre o processo disciplinar até que a decisão final seja tomada.

Hermoso desmente Rubiales sobre ‘beijo consentido’ e boicota federação ao lado das companheiras

PRONUNCIAMENTOS E PRESSÃO

Luis Rubiales afirmou, durante assembleia geral extraordinária da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), que não vai se demitir do cargo de presidente da entidade. O encontro realizado nesta sexta-feira foi convocado para que o dirigente desse explicações sobre o beijo dado por ele na atacante. De acordo com a imprensa espanhola, a expectativa era de que ele entregasse o cargo.

O que se viu quando Rubiales subiu no palco e falou ao microfone, com transmissão ao vivo pelo YouTube, passou longe de um pedido de demissão. Ele fez um discurso irritado, culpou o “falso feminismo” por toda a situação e repetiu aos berros que não renunciaria, enquanto era aplaudido de pé por parte dos presentes, inclusive Jorge Vilda e Luis de La Fuente, treinadores da seleções feminina e masculina da Espanha, respectivamente.

“Ela me levantou do chão, me agarrou pelo quadril, quase caímos e nos abraçamos. Foi ela quem me pegou os braços e me puxou para perto de seu corpo. Eu disse a ela para esquecer o pênalti, ‘você foi fantástica e sem vocês não teríamos vencido a Copa do Mundo. Ela respondeu ‘você é um craque’. Eu disse ‘um beijinho?’ e ela respondeu ‘ok’, batendo na minha lateral e saindo rindo”, afirmou o presidente em sua versão.

Após as falas, atletas saíram em defesa de Hermoso, que também se pronunciou. Horas após Rubiales afirmar que houve consentimento no beijo dado por ele, a própria jogadora se manifestou dizendo não ter consentido o beijo “em nenhum momento”. As 23 jogadoras campeãs mundiais assinaram o comunicado e se juntaram em um boicote: elas não defenderão a seleção enquanto “os atuais dirigentes continuarem no comando”.

Hermoso, de férias em Ibiza, vem fazendo o possível para se preservar e tem se manifestado apenas por meio do sindicato Futpro. “Quero esclarecer que em nenhum momento consenti o beijo que ele me deu e em nenhum caso procurei levantar o presidente. Não tolero que minha palavra seja questionada, muito menos que se inventem palavras que eu não tenha dito”, disse.

Há pressão vinda de todos os lados, inclusive do governo espanhol. Teresa Ribera, terceira vice-presidente da Espanha e ministra da Transição Ecológica e do Desafio Demográfico, afirmou que o governo fará “tudo ao seu alcance” para que Rubiales deixa RFEF. Mais tarde, nesta sexta, Victor Francos, presidente do Conselho Nacional de Esportes da Espanha, iniciou um processo judicial contra o dirigente para que ele responda ao Tribunal dos Esportes. O atacante do Bétis, Borja Iglesias, anunciou deixar a seleção espanhola masculina até que “as coisas mudem e este tipo de ato não fique impune”.

CONFIRA A NOTA DO COMITÊ DISCIPLINAR DA FIFA NA ÍNTEGRA:

“O presidente do Comitê Disciplinar da FIFA, Jorge Ivan Palacio (Colômbia), no uso dos poderes conferidos pelo artigo 51 do Código Disciplinar da FIFA (FDC), decidiu hoje suspender provisoriamente o Sr. Luis Rubiales de todas as atividades relacionadas ao futebol em nível nacional e internacional. Esta suspensão, que entrará em vigor a partir de hoje, é por um período inicial de 90 dias, enquanto se aguarda o processo disciplinar aberto contra o senhor Luis Rubiales na quinta-feira, 24 de agosto.

Da mesma forma, o presidente do Comitê Disciplinar da FIFA e com o objetivo de preservar, entre outros fatores, os direitos fundamentais da jogadora da seleção nacional de futebol Sra. Jennifer Hermoso e a boa ordem do processo disciplinar perante este órgão disciplinar, emitiu duas diretrizes adicionais (artigo 7 FDC) pelo qual ordena ao senhor Luis Rubiales que se abstenha, por si ou por terceiros, de contatar ou tentar entrar em contato com a jogadora profissional da seleção espanhola de futebol, senhora Jennifer Hermoso, ou seu ambiente próximo. Da mesma forma, a RFEF e seus dirigentes ou funcionários, diretamente ou por meio de terceiros, são obrigados a abster-se de entrar em contato com a jogadora profissional da seleção espanhola, Sra. Jennifer Hermoso, e seu ambiente próximo.

A decisão adotada pelo presidente do Comité Disciplinar da FIFA foi comunicada hoje ao Sr. Luis Rubiales, à RFEF e à UEFA para o devido cumprimento.

O Comitê Disciplinar da FIFA não fornecerá mais informações sobre esses processos disciplinares até que uma decisão final seja tomada.

A FIFA reitera o seu compromisso absoluto de respeitar a integridade de todas as pessoas e, portanto, condena com o máximo vigor qualquer comportamento em contrário.”

Categorias: Futebol Feminino

Por: Agência Estado, 26/08/2023

Confira também:

Noticias Relacionadas