20 de junho de 2024

BUTTINA GASTROBAR

BUTTINA FUTEBOL AO VIVO E GASTRONOMIA

Quem é Luis Rubiales, dirigente espanhol que beijou jogadora na boca na final da Copa

3 min read

Quem é Luis Rubiales, dirigente espanhol que beijou jogadora na boca na final da Copa

Protagonista da cena mais polêmica do futebol feminino, o dirigente ganhou ‘fama’ por diversas situações na presidência da entidade máxima do futebol espanhol

O beijo do presidente Luis Rubiales na jogadora Jenni Hermoso gerou revolta nas redes sociais

Categorias: Futebol Feminino

Por: Agência Estado, 21/08/2023

Fato chamou atenção na final da Copa do Mundo feminina (Foto: Reprodução)

Destaques

Campinas, SP, 21 – O beijo do presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Luis Rubiales, em Jenni Hermoso na entrega das medalhas após a conquista da Copa do Mundo feminina gerou revolta nas redes sociais, nos ministros do governo espanhol e obrigou o pedido de desculpas. Protagonista da cena mais polêmica do futebol feminino, Rubiales ganhou “fama” por diversas situações na presidência da entidade máxima do futebol espanhol.

Presidente da federação espanhola desde 2018, Luis Rubiales é ex-jogador e tem um caminho repleto de ações questionadas durante seu mandato à frente do futebol espanhol. Quando atuava, Rubiales foi um jogador caracterizado pela entrega em campo e qualidade técnica um pouco baixa. Por causa disso, não teve oportunidades em grandes clubes do país e atuou em equipes como Xerez, Levante e Alicante.

Fato chamou atenção na final da Copa do Mundo feminina (Foto: Reprodução)

PRESIDENTE RUBIALES

Logo após parar de jogar, Rubiales foi eleito presidente da Associação de Jogadores da Espanha, uma espécie de Sindicato dos atletas de futebol, no início de 2010 e começou sua carreira “política” dentro do esporte. Sete anos depois, seguiu para a presidência da Real Federação Espanhola de futebol. Na eleição, Luis Rubiales comprou briga declarada com Javier Tebas, atual presidente de LaLiga, por se opor à forma do adversário pensar o futebol e, desde de então, os dois não concordam em nada.

No comando da Federação de futebol da Espanha, Luis Rubiales não ficou isento das polêmicas. Em 2020, o tio do ex-jogador acusou publicamente Rubiales de pagar uma festa com cerca de 10 jovens mulheres em Ibiza com dinheiro da federação espanhola. O caso não teve sequência ou investigação policial após a denúncia.

No início de 2022, Luis Rubiales se envolveu em outra polêmica envolvendo o dinheiro recebido pela Federação Espanhola de Futebol. Na época, áudios de uma conversa entre Rubiales e Piqué, então zagueiro do Barcelona, foram vazados e mostravam um possível esquema para pagamento de valores por fora dos contratos no acordo que levou a disputa da Supercopa da Espanha para a Arábia Saudita.

Os dois envolvidos foram denunciados pelo Ministério Público da Espanha por corrupção e o ex-zagueiro chegou a abrir mão de seu cargo como intermediário da negociação durante um período. O caso continua sendo investigado pelo governo espanhol.

Mesmo tendo sido presidente da Associação de atletas de futebol do país durante a década de 2010, Luis Rubiales ficou ao lado do treinador Jorge Vilda na confusão entre o técnico e as jogadoras da seleção espanhola durante a preparação e a Copa do Mundo de 2023. Comandando a equipe desde 2015, VIlda viu suas atitudes com as atletas serem expostas quando 15 jogadoras enviaram uma carta reclamando de ações como revista nas sacolas e mochilas das jogadoras após compras e proibição de se trancar a porta dos quartos da concentração antes do fim da noite.

Durante a Copa do Mundo de 2023, o racha entre atletas e comissão técnica ficou evidente em diversos momentos, como nas coletivas da seleção espanhola antes dos jogos em que Jorge Vilda e uma atleta não se olhavam durante as perguntas dos jornalistas. Apesar disso, Luis Rubiales defendeu e manteve o treinador no cargo.

Categorias: Futebol Feminino

Por: Agência Estado, 21/08/2023

Confira também:

Noticias Relacionadas