10 de dezembro de 2023

BUTTINA GASTROBAR

BUTTINA FUTEBOL AO VIVO E GASTRONOMIA

Cuidados necessários com o chuchu do início ao fim do cultivo: não erre mais! – Diário Prime

3 min read

Mossoró — RN, 15 de novembro de 2022, por Ruth Rodrigues — O chuchu, também conhecido como machucho, caiota e pimpinela, é um tipo de vegetal originário da América Central. Para aqueles que desejam possuir em casa, precisa saber que existem alguns cuidados necessários com o chuchu, para que ele possa produzir corretamente.

Trata-se de uma planta trepadeira que pode ser cultivada em casa, mas desde que tenha um espaço relativo para que os galhos se propagar. Portanto, não é somente plantar e esperar nascer em qualquer ambiente. Assim como outras espécies, existe uma série de cuidados necessários com o chuchu.

Passo a passo dos cuidados necessários com o chuchu

O primeiro passo dos cuidados necessários para plantar chuchu em vasos é adquirir um chuchu-semente. Para isso, você deve comprá-lo já nesse estado ou esperar que um chuchu maduro se torne duro e que sua semente brote, pois só assim estará pronto para ser plantado.

O broto do chuchu precisa ter de 10 cm a 25 cm de comprimento. Antes de conhecer outros segredos para plantar o chuchu, não deixe de conferir outros artigos semelhantes a esse em nosso blog!

Veja os cuidados necessários com o chuchu

O chuchu é bastante utilizado na culinária brasileira, assim como em receitas para tratamentos caseiros. Logo, vale a pena investir em uma plantação desse vegetal em casa.

Vaso ideal

Para cuidar corretamente do chuchu em vaso é importante estar ciente das suas necessidades. Portanto, quando for preparar a terra do vaso, prefira a que esteja em bom estado de fertilidade, úmida e bem adubada.

Não esqueça de enriquecer a terra com fósforo, pois, para que seu desenvolvimento seja feito corretamente, o chuchu precisa de uma boa quantidade desse elemento.

Solo

O cuidado na hora de plantar o chuchu-semente requer bastante atenção. Isso porque, nesse momento, o fruto com o broto ou a semente deve ser plantado de cabeça para baixo, com toda a parte do broto coberta de substratos ou terra, para que se desenvolva sem problemas.

O vaso escolhido deve ter tamanho médio para que o chuchu tenha espaço suficiente e cresça de forma saudável. Por ser uma planta trepadeira, é importante você fincar um pedaço de madeira para que o chuchu possa se enrolar em volta.

Cuidados necessários com o chuchu do início ao fim do cultivo: não erre mais! Foto: Canva

Iluminação e temperatura

O chuchu gosta muito de luz solar e, por isso, é fundamental que ele seja deixado em um local com acesso à luminosidade.

Você deve tomar cuidado para que o chuchu tenha contato apenas com a temperatura suficiente, em torno de 18º ou 27º, sendo o ideal para seu desenvolvimento. Desse modo, observe com atenção a temperatura do local onde está a hortaliça.

O chuchu gosta de ambientes úmidos, mas não encharcados. Nesse sentido, é importante que seja regado constantemente. Mas deve-se ter uma atenção especial para que o mesmo não seja regado demais.

Dessa forma, é necessário que se coloque na base do vaso do chuchu, um prato com pedriscos e que seja verificado constantemente o estado de sua umidade.

O ideal para a regagem é apostar em borrifadores que podem ajudar a evitar o acúmulo desnecessário de água. Agora que já sabe todos os cuidados necessários com o chuchu, já pode plantar em sua própria casa! Sucesso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *